Como a arteterapia pode ajudar no processo de reabilitação e promover a curaComo a arteterapia pode ajudar no processo de reabilitação e promover a cura?

Arteterapia é uma área de atuação profissional (como psicólogo) que utiliza recursos artísticos com finalidade terapêutica.

Apesar de não ter utilizado a arte como via de acesso ao inconsciente, Freud observou que as obras de arte expressavam manifestações inconscientes do artista, tais como as originadas no sonho.

Seu discípulo Jung foi quem propriamente começou a usar a linguagem artística associada à psicoterapia. Ele considerava a criatividade artística como uma forma de cura, através da transformação de conteúdos inconscientes em imagens simbólicas. Ao solicitar que seus pacientes desenhassem ou pintassem livremente seus sonhos, sentimentos e situações conflitivas, acreditava na possibilidade de o homem organizar seu caos interior utilizando-se da arte.

A partir daí, o uso da arte como instrumento terapêutico foi progressivamente ganhando espaço.

A arteterapia é uma forma de terapia que utiliza a criação artística para ajudar as pessoas a explorar e expressar seus sentimentos e emoções, abrangendo as mais diversas linguagens: plástica, sonora, literária, dramática e corporal, desenho, pintura, modelagem, música, poesia, dramatização e dança.

Através da criação artística, as pessoas exploram seus sentimentos e emoções, que escapam mais facilmente da censura do consciente, das palavras. Elas podem criar algo que represente sua dor, sua esperança, seus medos e suas alegrias.

O processo criativo em si é terapêutico, permitindo que as pessoas se concentrem em algo positivo e criativo em vez de apenas na dor ou nos desafios.

Fonte: Reis AC. Psicologia: ciência e profissão 2014, 34 (1), 142-157.


20/04/23

20 de abril de 2023

Compartilhar:

Últimas Notícias

    Ver todas as notícias