Quais o sintomas e como prevenir Infecções sexualmente transmissíveis (ISTs)

As Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) tem os microrganismos como causa (vírus, bactérias, fungos e protozoários), cuja transmissão se dá principalmente através do contato sexual e, de forma eventual, por via sanguínea. A transmissão de uma IST também pode ocorrer da mãe para a criança durante a gestação, parto ou amamentação. 


São exemplos de IST: cancro mole, gonorreia, infecção pelo HTLV, HIV, Hepatites B e C, HPV, sífilis, entre outras. 


A procura pelo médico deve ocorrer na presença de úlceras genitais, corrimento uretral, corrimento vaginal e doença inflamatória pélvica. Mas, independentemente do quadro apresentado, a IST pode ser silenciosa. Portanto, faça consultas médicas regulares.


Prevenção

A conscientização sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis é essencial desde a adolescência e a prevenção é fundamental para uma saúde sexual responsável.


  • Use preservativo: o uso correto de preservativos durante as relações sexuais ajuda a prevenir a transmissão de várias ISTs. Certifique-se de usar um preservativo de qualidade, armazená-lo corretamente e descartá-lo corretamente após o uso.


  • Relações sexuais seguras: o estabelecimento de um relacionamento estável e saudável reduz o risco de exposição a ISTs. No entanto, é importante lembrar que algumas ISTs podem ser transmitidas mesmo em relacionamentos de longo prazo, caso uma das partes esteja infectada.


  • Vacinação: são recomendadas as vacinas contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) e a hepatite B. Além destas, é importante manter o calendário vacinal atualizado.


Faça consultas médicas regulares, realize os exames solicitados e cuide de sua saúde.


20/06/23

20 de junho de 2023

Compartilhar:

Últimas Notícias

    Ver todas as notícias