Use o protetor solar até em dias nublados!

Uma das etapas mais importantes do skincare é o uso do protetor solar, porém, muitas vezes ela acaba sendo renegada no inverno, quando a incidência de sol é mais baixa. 


É importante atentar-se que mesmo em dias que a luz solar não esteja visível, ainda há a emissão de raios UVA e UVB. Essas radiações penetram na pele e podem causar danos às células do tecido e provocar sinais, rugas, manchas e até câncer de pele. 


Outro benefício do uso do protetor solar o ano inteiro é a proteção contra o envelhecimento precoce. E assim como nos dias ensolarados, é necessário reaplicar o protetor solar a cada três horas ou logo após entrar em contato com a água.


Tanto os protetores solares com cor quanto os sem podem oferecer a mesma proteção conforme o FPS escolhido. Para escolher o fator de proteção solar adequado, tenha em mente qual é o seu tom de pele. Para a população brasileira, tanto adultos quanto crianças, a Sociedade Brasileira de Dermatologia orienta o uso de protetor solar com FPS de no mínimo 30. Quanto mais claro for o tom da pele, maior deverá ser o FPS, ou seja, pacientes com pele clara devem utilizar protetor com FPS de 50 ou 60 e aqueles com pele mais morena podem utilizar protetores com FPS mais baixo.


Lembrando que é necessário passar o protetor no rosto inteiro, incluindo as orelhas e o pescoço. E para quem não gosta da textura do creme, é possível encontrar protetores solares em formato de aerossol, spray, mousse, gel, loção e até em pó. O fundamental mesmo é usar de maneira correta o ano todo! 


Como outros critérios, como tipo de pele e presença de doenças relacionadas à exposição solar, também são considerados na escolha do protetor solar, o ideal é consultar um dermatologista para saber qual o tipo de protetor e o FPS mais indicados para cada pessoa.


07/02/23

07 de fevereiro de 2023

Compartilhar:

Últimas Notícias

    Ver todas as notícias