Preparos do exame

Painel Fusão para Diagnóstico Sarcoma, condições Oncologia, Vários Materiais

Outros nomes: Painel Fusão para Diagnóstico, Fusão diagnóstica em Sarcomas, Fusão diagnóstica em neoplasias de Cabeça e Pescoço, Fusão diagnóstica em neoplasia de sistema nervoso central, Detecção de fusão gênica para diagnóstico, Translocações, Diagnóstico sarcoma de ewing

Este exame não precisa ser agendado

Orientações para o cliente

I Exame:
Este exame consiste no sequenciamento e avaliação de regiões de fusões de 108 genes a partir de amostras de tumor emblocadas em parafina, seguida de análise das variantes genômicas por meio de inteligência artificial e interpretação dos dados clínicos e moleculares realizados por equipe especializada. O exame pode ser realizado em material obtido a partir de tecidos (blocos de parafina ou lâminas histológicas), sendo indicado para auxiliar no diagnóstico de neoplasias tais como: de sarcomas, do sistema nervoso central e de glândulas salivares. Os resultados são acompanhados por um laudo interpretativo, com dados que incluem as alterações identificadas e a relação com diagnóstico.

II Critérios de realização:
Para a realização deste exame é necessário solicitação médica.
É imprescindível que seja fornecida cópia do laudo anatomopatológico original da análise do material.
Poderão ser aceitos os seguintes materiais:
Fragmentos de tecido fixados em formalina 10% tamponada, embebidos ou não em parafina (enviar em temperatura ambiente);
Lâminas de corte histológico (enviar em temperatura ambiente)
Caso sejam enviadas somente lâminas para a análise, são necessárias no mínimo 16 (dezesseis) lâminas em branco (não coradas), não montadas; seção de 5µm de espessura, em portalâminas.

ATENÇÃO: Não serão aceitas lâminas com resina ou material fora das condições citadas acima.

O tecido deve ter sido fixado previamente em formalina tamponada o mais rápido possível após a biópsia ou cirurgia. A fixação deve ser de, no mínimo, seis horas e, no máximo, 72 horas. A adoção de cuidados na coleta e na fixação da amostra garantem o sucesso do teste.
Caso seja enviado fragmento de tecido sem análise prévia (biópsia), o material deverá ser submetido a exame anatomopatológico para confirmação do diagnóstico naquela amostra.
É necessário que a amostra tenha células tumorais não necróticas presentes em quantidade superior a 20%.
É importante salientar que o material enviado sempre será analisado por um médico patologista antes da realização do exame. Dessa forma, se o material enviado for insuficiente ou inadequado para o teste, o mesmo não poderá ser realizado.

Agendamento

Este exame não necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 15 dias corridos às 22h

Convênios

Consulte nossa página de Convênios para mais informações

IMPORTANTE: Verifique com nosso atendimento se o seu Convênio é aceito na unidade escolhida e se a Cobertura para seu Exame é atendida pelo seu convênio