Conteúdo Médico: Taquiarritmias e risco cardiovascular

As atriais correspondem ao maior contingente dessas condições, com destaque para a fibrilação atrial, que está associada a complicações como a insuficiência cardíaca e, principalmente, o acidente vascular cerebral. Já as ventriculares, por demorarem mais para se desenvolver, apresentam um risco de taquicardiomiopatia e disfunção cardíaca tanto mais elevado quanto maior o tempo de exposição deletéria à arritmia.

Esses e outros aspectos clínicos e diagnósticos das arritmias estão contemplados em um material bastante completo, elaborado pela nossa equipe de Cardiologia.


Acesse o material completo aqui


27/08/20

27 de agosto de 2020

Compartilhar: