Confira a parceria para exames toxicológicos entre a+ e Labet

O exame toxicológico fornecido pela a+ procura vestígios de substâncias químicas presentes no cabelo em até 180 dias após o último uso. Não é necessário agendamento.

Na a+, motoristas profissionais contam com todas as facilidades para realizar seu exame toxicológico e cumprir a exigência do Conselho Nacional de Trânsito na renovação da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Afinal, quem procura confiança e segurança no trabalho sabe que pode contar sempre com a credibilidade de nossos resultados.

O QUE MUDA COM A NOVA LEI DE TRÂNSITO

A lei de trânsito antiga determinava que todos os motoristas das categorias C, D e E fizessem o exame toxicológico apenas ao obter ou renovar a CNH. Com as novas regras, os condutores também deverão realizar o exame a cada 2 anos e 6 meses a partir da data da obtenção ou renovação da CNH quando tiverem menos de 70 anos de idade. Já os condutores com mais de 70 anos deverão fazer o teste a cada 1 ano e 6 meses.

As novas determinações entraram em vigor a partir do mês de abril de 2021 e o não cumprimento pode acarretar multas, pontos na carteira e suspensão da CNH.

Atente-se aos períodos de renovação:

  • Condutores com menos de 50 anos: a CNH tem validade de 10 anos;
  • Condutores entre 50 e 70 anos: A CNH é válida por 5 anos;
  • Condutores acima de 70 anos: validade de 3 anos.


OBRIGATORIEDADE DO EXAME TOXICOLÓGICO

Além da obrigatoriedade do regulamento da CNH, o exame toxicológico pode ser obrigatório nas seguintes situações:

  • Admissão ou demissão em uma empresa;
  • Detran;

EXAME TOXICOLÓGICO PARA RENOVAR A CNH

O exame é obrigatório por lei para obter a CNH nas categorias C, D e E. Caso o motorista não realize o teste obrigatório, poderá ser multado e ter o documento suspenso até a regularização.

Recomenda-se que a coleta seja realizada com antecedência, antes do vencimento do prazo determinado por cada faixa etária.

O exame toxicológico é importante para evitar situações ilegais dentro da empresa e priorizar o bem-estar dos colaboradores.

QUANDO FAZER O EXAME TOXICOLÓGICO?

O exame toxicológico deverá ser feito de acordo com cada determinação e situação. Por exemplo, para regularizar a CNH é necessário fazer o exame no período de 2 anos e meio ou 1 ano e meio, dependendo da idade do condutor.

O exame é de larga escala e permite identificar substâncias químicas presentes no organismo até 180 dias após o último uso.

COMO É FEITO O EXAME TOXICOLÓGICO

Para realizar o exame toxicológico não é exigido nenhum tipo de preparo prévio. Ele é feito através de uma coleta do cabelo ou pelos da pessoa examinada e enviado para análise laboratorial.

Utiliza-se uma técnica para analisar compostos orgânicos e inorgânicos que podem ser encontrados nos fios de cabelo e, assim, determinar o resultado.

Há dois resultados possíveis para exame: negativo e positivo. Quando o resultado é negativo, significa que nenhuma substância foi encontrada em seu sistema.

Já se o resultado for positivo, indica que houve uso de substâncias como maconha, cocaína, opiáceos (codeína), morfina, heroína, ecstasy, anfetamina e metanfetamina.

O exame é colhido dentro do horário de coleta das unidades, não é necessário agendamento e receita médica. No dia do exame, levar um documento com foto.

VALOR DO EXAME 

O preço pode variar de acordo com a forma de compra do teste.

A compra pode ser feita diretamente no site ou nas unidades da a+, podendo ter variação de preço devido à localização.

ONDE COMPRAR O EXAME

Para comprar online, acesse o site do parceiro Labet, realize a compra e selecione uma das unidades da a+ para realizar a coleta.

Se preferir, compareça em uma das unidades a+ listadas abaixo, o exame é realizado por ordem de chegada, não necessitando de agendamento.

UNIDADES QUE OFERECEM O TESTE

São Paulo (Capital)
Angélica, Augusto Tolle, Berrini, Braz Leme, Brigadeiro, Campo Belo, Cantareira, Chácara Flora, Funchal, Heitor Penteado, Ipiranga, Itaim, Lapa, Leôncio Magalhães, Mooca, Morumbi Dumont Villares, Paraíso, Pedroso de Morais, Queiroz Filho, Santo Amaro, Tatuapé Henrique Dumont, Tatuapé Itapura, Verbo Divino e Vila Andrade.

Região Metropolitana
Alphaville Copacabana, Alphaville Rio Negro, Granja Viana, Guarulhos, Osasco, São Bernardo Prestes Maia e Santo André Bairro Jardim.

Interior
Avenida Jundiaí e Jardim Paulista (Jundiaí).


Data da publicação: 27 de abril de 2022


27/04/22

27 de abril de 2022

Compartilhar: